05/01/2017
Imagem de ilustração do artigo Mais algumas dicas empreendedoras

Mais algumas dicas empreendedoras

Empreender não é tarefa fácil, ainda mais no atual contexto de negócios. A concorrência é sempre muito grande e obter diferenciais competitivos torna-se cada vez mais complexo. Mas, apesar disso, o empreendedor vai em frente, persiste, experimenta, faz acontecer. Mesmo sem o apoio decisivo das pessoas mais próximas, ele busca em si a confiança para assumir os riscos inerentes à qualquer atividade empreendedora.

 

Ser um empreendedor é adotar um estilo de vida orientado por uma forma de pensar e agir com foco na agregação de valor. Colocar as ideias em prática é a principal característica deste super-herói.

 

Empreender um negócio é, sem dúvidas, algo muito desafiador e requer a superação de obstáculos peculiares. Pensando nisso, compartilho algumas dicas para inspirá-lo nesta jornada.

 

1 Busque informações! Conheça profundamente a cultura e os costumes da região na qual pretende empreender. Identifique as necessidades mal atendidas ou ainda não atendidas da população. Perceba os problemas que as pessoas estão enfrentando. Descubra quais os diferenciais que os consumidores apreciariam em determinado tipo de negócio. Entenda o processo de abertura de uma empresa, que envolve a obtenção de registros e alvarás de funcionamento.

 

2 Faça um bom planejamento, mas coloque-o em prática rapidamente! O planejamento é fundamental para empreender e existem ferramentas incríveis para ajudar as pessoas a se organizarem. Modelar o negócio utilizando o Business Model Canvas é uma ótima maneira de estabelecer como a empresa funcionará. Além disso, é importante desenvolver um protótipo funcional, materializando, por exemplo, um produto que você irá ofertar ao mercado para verificar junto a possíveis clientes se ele atende suas necessidades e se estariam dispostos a pagar por isso.

 

3 Invista com sobras! Sempre pense que nos primeiros 6 meses você não terá receita suficiente para manter o negócio aberto. Então, deixe dinheiro reservado para este período inicial.

 

4 Alguns negócios podem ter mais sucesso diante do cenário econômico atual. Empresas dos segmentos de manutenção de bens, alimentação, beleza e estética e varejo de moda são boas opções. Às vezes, a franquia pode ser um bom negócio, principalmente pelo fato de você assumir um empreendimento que já está formatado. Contudo não se esqueça de pensar em negócios que, ao mesmo tempo, lhe tragam satisfação e rentabilidade.

 

5 Abri meu negócio, e agora? Agora é fazer uma gestão adequada à realidade do seu negócio, pensando nas várias áreas da empresa e em como fazer cada uma delas funcionar. Toda empresa, independentemente do porte ou setor de atuação, possui algumas funções básicas: recursos humanos, finanças, marketing, logística e produção. Pense em como melhorar cada atividade relacionada a estes setores. Estude!

 

Cada uma das dicas pode fazer a diferença na hora de empreender. A base para o sucesso de qualquer negócio é o aprendizado. Fazer e aprender. Refinar cada iniciativa até o ponto de maturidade que levará a empresa, em um primeiro momento, à estabilidade e depois, a um crescimento continuado. Mas, lembre-se sempre, que mudar faz parte e o modelo de negócios atual pode não ser suficiente para garantir a perenidade da empresa. Lembra daquela música do saudoso Raul Seixas? “Eu prefiro ser... essa metamorfose ambulante...”

 

Até a próxima reflexão inovadora!

 

Sérgio Gualdi Ferreira da Silva Filho é fundador da Innomotion Design & Inovação. Administrador de empresas e especialista em marketing e inovação. Também é professor e autor da Metodologia para Implementação de Inovações no Ambiente das Micro e Pequenas Empresas.

 

Texto originalmente publicado no blog da Escola de Inovação | http://www.escoladeinovacao.org/blog

Este artigo não possuí comentários. Seja o(a) primeiro(a) a comentar!

Digite seu comentário