28/12/2016
Imagem de ilustração do artigo Quatro dicas empreendedoras

Quatro dicas empreendedoras

Vivemos em um país extremamente empreendedor e, ultimamente tenho participado de vários eventos relacionados ao tema. Há um boom empreendedor no Brasil e aqui, a necessidade tem sido a mãe do empreendedorismo. Nossas necessidades não atendidas ou mal atendidas nos direcionam a buscar novas alternativas que, muitas vezes, servem para atender mais do que uma única pessoa, podendo atender a um mercado específico. Monetizar a ideia é um grande desafio e aqui vão quatro dicas essenciais para quem pensa em empreender:

1 Melhor arriscar com a ousadia do que com a trivialidade

O mundo é das pessoas ousadas, aquelas que pensam diferente, aquelas que fazem diferente. O mundo anseia por coisas novas, pela solução de antigos problemas, por avanços significativos em diversas áreas de negócios. A trivialidade já fez muita gente perder o jogo.  É mais fácil copiar do que criar. No mundo dos negócios, o melhor caminho é o novo, o ainda não testado. Como empreendedores, precisamos questionar as ideias já conhecidas e repensar os negócios do zero. Fuja da comoditização dos produtos e serviços.

2 Um plano ruim é melhor que nenhum plano

O planejamento é a base de tudo. Mesmo que esta seja uma das máximas mais famosas dentro do habitat empresarial, muitos a ignoram e colocam em prática ações sem qualquer espécie de planejamento. Escuto muitos empresários falarem que os planos estão na cabeça deles. Até pode ser verdade, só que, normalmente, os planos não são executados apenas por eles, mas por uma equipe multidisciplinar de colaboradores. A falta de planejamento acarreta problemas de comunicação, que por sua vez, geram problemas na execução das tarefas.

3 Mercados competitivos destroem os lucros

Ofertar a mesma coisa que todos, da mesma forma que todos não vai fazer com que sua organização ganhe relevância ou se diferencie. Vai fazer apenas com que você cada vez mais concorra pelo preço. Commodities são compradas com base no preço. Se você quer construir um negócio de sucesso, não ofereça um produto indiferenciado.

4 As vendas importam tanto quanto o produto

Os processos de vendas impactam diretamente na satisfação dos seus clientes, tanto quanto a relevância dos seus produtos. Consumidores não apenas compram coisas de empresas, eles se relacionam com elas. Querem acompanhar o que acontece com elas. Querem ajudar suas empresas favoritas a desenvolver melhores produtos e serviços. Aproveite cada momento perto dos seus clientes para gerar novos insights e ampliar ainda mais a conexão com eles.

É necessário criar valor para capturar valor. O grande desafio de qualquer empreendedor é manter-se inconformado com o status quo, independentemente da recompensa financeira que ele está lhe dando agora. O futuro está em constante construção e o que faz sentido hoje, amanhã poderá ser obsoleto. Pergunte-se sempre: este negócio ainda existirá daqui a uma década?

Até a próxima reflexão inovadora!

Sérgio Gualdi Ferreira da Silva Filho é fundador da Innomotion Design & Inovação. Administrador de empresas e especialista em marketing e inovação. Também é professor e autor da Metodologia para Implementação de Inovações no Ambiente das Micro e Pequenas Empresas.

Texto originalmente publicado no blog da Escola de Inovação | http://www.escoladeinovacao.org/blog

 

Este artigo não possuí comentários. Seja o(a) primeiro(a) a comentar!

Digite seu comentário